Apoio à Dra. Mayra Pinheiro sobre a postura da CPI da pandemia

Senado Federal/reprodução

O Brasil está vivendo um momento surreal de contradições. Ao mesmo tempo em que tentamos manter a liberdade de expressão, somos vítimas de tentativas de censura que se espalham por todos os segmentos. Seja na mídia, na internet , redes sociais e até por parte de instituições que têm a obrigação e o dever constitucional de consolidar a democracia e os direitos fundamentais dos cidadãos.

A CPI da Pandemia fez o favor de contribuir para esse cenário que beira a heresia. No reinício dos trabalhos após o recesso parlamentar, a comissão e determinados Senadores deram ao Brasil mais uma demonstração da inequívoca perseguição contra médicos e profissionais da saúde, ao aprovar, sem a menor qualificação ou fundamento técnico e jurídico, um pedido de afastamento da Dra. Mayra Pinheiro de suas funções junto ao Ministério da Saúde. Mais uma vítima de políticos que não estão preocupados nem interessados em encontrar soluções no combate às causas e efeitos da Covid-19.

Com essa postura, infringem um princípio irrefutável: os médicos têm o direito de atender, prescrever o tratamento mais indicado e os pacientes, a garantia de procurar o melhor atendimento. E fica claro que o objetivo é assassinar reputações, “queimar” as pessoas no campo profissional, pessoal, e o pior, com mentiras ou atribuindo defeitos a quem faz o certo.

A Dra. Mayra Pinheiro, uma respeitada médica pediatra, que lutou pela vida com medicamentos reposicionados da mesma maneira que muitos no país em especial na crise de oxigênio de Manaus, agora vem sendo alvo dos políticos interessados em, mais uma vez, criminalizar o tratamento imediato, inicial e precoce. Não por convicções ou evidências médicas e científicas. Mas, por questões meramente políticas e eleitoreiras.

Não podemos permitir! Inescrupulosos, determinados Senadores usam termos pejorativos. E, de forma desrespeitosa, estimulam a sociedade e a mídia a intitulá-la como Capitã Cloroquina para diminuir o valor da médica (e outros notáveis médicos, pesquisadores e cientistas que também passaram pela CPI), quebram seu sigilo e expõem indevidamente sua vida pessoal! Crimes atrás de crimes! E tudo isso, sob olhar indiferente da Justiça!

Médicos Pela Vida vem a público em defesa da Dra. Mayra Pinheiro: mulher, mãe, cidadã pagadora de impostos, cumpridora de suas obrigações. E antes de tudo, médica, com ´M maiúsculo´ que não se curvou à narrativa dominante, articulada e corroborada por interesses comerciais e políticos. E que só tem buscado aquilo que é a mais puro e divino interesse: salvar vidas em meio ao caos dessa pandemia!

Médicos Pela Vida, novamente, se solidariza, congratula, abre os braços e, de mãos dadas, une-se à Dra. Mayra Pinheiro e aos milhares de médicos e profissionais de saúde que comungam e, na linha de frente, lutam ardorosamente em defesa de seus direitos e do juramento de Hipócrates.

Médicos Pela Vida Covid-19